Quais são os suplementos que potenciam o ganho de massa muscular?

0

A massa muscular é indispensável aos atletas independentemente da actividade física que praticam e dos objectivos que pretendem alcançar. Quer estejamos a falar de culturistas, halterofilistas, atletas de alta competição ou simplesmente daquele indivíduo que só pretende alcançar o bem-estar físico trabalhando o corpo, encontramos um elo de ligação comum a todos: ganhar massa muscular.Quando começa a ficar difícil ganhar vantagem em relação ao adversário, quando a idade já começa a ser um factor a ter mais em conta ou até mesmo quando alteras o tipo de treino podem surgir algumas frustrações e em qualquer altura podes deixar de constatar alguma falta de progresso. É nesta lógica que faz todo o sentido repensar os nossos hábitos alimentares e ponderar o uso de suplementos alimentares com o intuito de reforçar e estimular o organismo.Conforme o teu objectivo, a forma como os utilizas e a predisposição genética dos corpos, o organismo pode responder de forma diferente a alguns suplementos. Há quem necessite de utilizar mais suplementos, há quem não necessite de tantos. É tudo uma questão de conhecer as reais necessidades do teu organismo e saber dosear. Como é sabido, os suplementos trazem benefícios garantidos quando combinados com uma alimentação equilibrada e a prática de exercício regular.

Destacamos 5 suplementos de topo fundamentais para o crescimento saudável dos teus músculos.

1. Whey Protein

A suplementação com proteína de qualidade é, sem dúvida, o principal combustível que precisas para fortalecer a tua massa muscular. Normalmente é tomada antes e depois do treino. Se estás a cumprir uma dieta de ganho muscular ou preocupado com a perda de gordura corporal, a suplementação com proteína de soro de leite numa rotina de exercícios pode acelerar o processo de perda de gordura e ganho muscular. A proteína de soro de leite é facilmente digerida e contém uma série de nutrientes essenciais ao teu organismo.Enquanto a proteína obtida a partir dos alimentos pode fornecer níveis de proteína mais sustentáveis, o soro de leite é rapidamente transportado para os músculos, onde pode exercer poderosos efeitos anabólicos. Ao utilizá-la logo ao acordar vais garantir a sua rápida absorção nos tecidos musculares e restaurar a queda dos níveis de nitrogénio, facto que sucede após um longo período de jejum.

whey protein

2. BCAAs

Os BCAAs, aminoácidos de cadeia ramificada, constituídos por: leucina, isoleucina e valina melhoram a densidade muscular, aceleram o processo de recuperação dos músculos, reduzem a sensação de fadiga muscular, ajudam a melhorar a resistência mantendo o músculo “alimentado” principalmente durante treinos prolongados e/ou de alta intensidade. Este é um tipo de suplemento que deve estar no topo da lista, pois funciona como fonte primária que auxilia a construção muscular a par da proteína.

Xtend da Scivation

3. Glutamina

A glutamina é o aminoácido que mais abunda nos tecidos musculares. É capaz de ser produzida pelo organismo em quantidades suficientes para assegurar as necessidades diárias. Porém, devido à intensidade dos treinos, os níveis de glutamina caem drasticamente e é normal que isso afecte o teu rendimento (diminuição acentuada da força máxima e da resistência) e que atrase o teu processo de recuperação. É possível que demore cerca de 6 dias até que os níveis de glutamina voltem a estabilizar.O suplemento de glutamina vai ajudar-te a acelerar o processo de recuperação muscular, a sintetizar a proteína, a estimular a hormona de crescimento e o normal funcionamento do sistema imunitário.

glutamina

4. Creatina

No início dos anos 90 a creatina tornou-se o suplemento de eleição dos atletas de todo o mundo. Multiplicaram-se os estudos à volta deste suplemento devido aos inúmeros mitos que se geraram e que ainda persistem. No entanto, verificou-se que este é capaz de promover o aumento da massa muscular e ampliar os ganhos de força a longo prazo. A creatina aumenta a produção de energia e permite que consigas melhorar o teu desempenho durante o treino, bem como ter mais capacidade de resistência. Conhece os ciclos de creatina mais populares.

Creatine Ph-X Pro da Biotech

LÊ TAMBÉM: Qual é o melhor tipo de creatina?

5. Óleo de peixe

O óleo de peixe na forma suplementar fornece a forma mais pura e concentrada possível de ómega-3. Entre muitos benefícios, o óleo de peixe melhora o desempenho, lubrifica as articulações, estimula o bom funcionamento da circulação sanguínea de forma a permitir que os nutrientes como a proteína e os hidratos de carbono alcancem os efeitos pretendidos.

oleo de peixe

Sugestão de plano diário de suplementação.

Segue-o durante 3 meses sempre a par de uma dieta equilibrada. Após 3 meses dá um descanso ao organismo para que ele não se habitue a esta rotina e deixe de produzir resultados.

{{revslider alias=”blog_article_promo”}}

Ao acordar30g Whey Protein5g Creatina1 porção de BCCAs

Com o pequeno-almoço1 dose Mutivitamínico5g de Glutamina1 colher de chá de Óleo de Peixe

Com o almoço1 colher de chá de Óleo de Peixe

Antes do treino5g Creatina5g Glutamina

Imediantamente após o treino5g Glutamina30g Whey Protein

Antes de dormir30g Whey Protein5g Glutamina1 porção de BCAAs

Um atleta que treine intensivamente deve procurar algum tipo de suplementação que o ajude a obter nutrientes em quantidades suficientes que permita o organismo de funcionar normalmente. Se tiveres dúvidas, deves procurar aconselhamento médico.

LÊ TAMBÉM:

BCAA’s: por que os deves introduzir no teu plano de suplementação?

9 razões para tomar glutamina

Aprende a escolher a melhor Whey Protein para aumentar a massa muscular

Referências:

David Robson, 6 Supplements You Need For Explosive Growth This Summer, Maio 2010, adaptação da versão originalAlex Stewart, What Are The Top 5 supplements For Faster Muscle Gain?, Outubro 2010, adaptação da versão original

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here